LGPD – Impacto da Lei Geral de Proteção de Dados em Negócios Digitais

Preocupação com dados já é uma realidade e a todo momento estamos disponibilizamos dados seja para baixar um ebook até mesmo para operações bancárias. Sem falar ainda do nosso histórico de navegação que a todo instante está sendo monitorado. Para garantir um tratamento seguro dos dados e ações em caso de vazamento é que a LGPD foi criada.

O que é a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados foi criada com base nas práticas de proteção de dados já aplicadas na Europa. O principal intuito é promover a proteção de dados de todo cidadão que esteja no Brasil. Com sua entrada em 18/09/2020 a LGPD altera alguns artigos do Marco Civil da Internet e determina novas regras para empresas e órgãos públicos em relação ao tratamento da privacidade e segurança das informações de usuários e clientes.

O que muda?

Você já parou para pensar o quanto de dados pessoais disponibilizamos diariamente? Dados de navegação em mecanismos de busca, como Google e Bing, comportamento nas redes sociais, deslocamento do dia a dia pela cidade, seus gostos de leitura, além dos tradicionais registros cadastrais, como nome, endereço, telefone e e-mail.

A LGPD regulamenta a forma como as empresas coletam e tratam os dados de usuários e clientes. A partir da entrada em vigor da lei, todos os usuários têm o direito de saber como as organizações coletam, armazenam e utilizam os dados pessoais coletados via online e offline.

O principal ponto da LGPD é que nenhuma instituição pode utilizar dados sem o consentimento explícito de quem o concedeu. A nova lei também fala sobre as garantias para o usuário, onde ele pode solicitar que seus dados sejam deletados, revogar consentimento dado anteriormente, transferir os dados para outro fornecedor de serviços, entre outras ações.

Além disso, algumas determinações em relação ao tratamento dos dados, como finalidade e necessidade, devem ser previamente acertados e informados ao cidadão.

Quem fica de fora da LGPD?

O intuito da nova lei é proteger dados que são recolhidos por organizações com intuito comercial. Portanto, todos as pessoas físicas que a lei intitula como pessoa natural, que trata de dados sem finalidade econômica estão fora do que trata a LGPD.

Para entender esse ponto e simplificar o “juridiques”, um exemplo seria uma lista de casamento onde exige uma lista de convidados. Nessa situação, os dados são adquiridos sem fins comerciais.

Qual o impacto da LGPD no meu negócio.

Dados é um ativo extremamente importante em uma empresa, seja ela online ou não. Logo, tratar os dados com a devida importância e transparência não é um diferencial, mas sim uma exigência.

Com a LGPD o cuidado com os dados deve ser redobrado porque o descuido tem números que podem chegar a 2% do faturamento da empresa limitadas a R$ 50 milhõeS. Além disso, as empresas podem ter suas atividades suspensas, parcial ou totalmente.

No entanto, a LGPD pode trazer muitos benefícios para os negócios porque é uma forma de criar um novo tipo de relacionamento com o seu cliente, baseado em mais transparência, confiabilidade e responsabilidade.

A nova lei também cria mais oportunidades, incentiva o processo de digitalização nas organizações e torna os serviços mais competitivos.

Como adequar o meu negócio a LGPD

Independente do porte da empresa todos precisam se adequar a nova lei permitindo assim mais segurança e transparência para os usuários.

Para isso, é importante estabelecer medidas que garantam a segurança para o usuário, como mapeamento de processos de dados e protocolos de tratamentos de dados em caso de possível vazamento.

Muitos ainda estão se adaptando e criando formas de se adequar as novas medidas, então se você é um empreendedor online ou uma pequena e média empresa, existem ações que você já pode implementar em seu site como forma de ser mais transparente como o seu cliente.

3 formas de adequar o seu site wordpress a LGPD

Algumas ações imediatas já podem ser realizadas para garantir que os visitantes do seu site saibam quais são os dados capturados durante a navegação e qual a política de privacidade e termos de uso desses dados.

1. Facilitar o acesso a página de política de privacidade e termos de uso

Desde a versão 4.9.6 de 2018 que o WordPress tem a criação automática da página de política de privacidade e a possibilidade de adição de uma nova página com instruções do que deve conter nesta página.

politica-de-privacidade-worpress-ohdara-digital
Criação de página de política de privacidade wordpress

2. Aviso de Cookies de navegação

Existem alguns plugins que fazem essa adequação de forma muito rápida e prática.

Estamos usando aqui no nosso site GDPR Cookie Consent (CCPA Ready). Basta baixar o plugin diretamente no seu painel de controle do Worpress, ativar e configurar conforme passo a passo.

lgpd-plugin-ohdara-digital
Plugin para consentimento de cookies

3. Declaração de consentimento de dados em todos os formulários.

Com o Elementor é muito simples criar formulário de contato e caixas de consentimento de envio de dados.

Basta editar seus formulários para adicionar o item “Aceitação” e incluir o texto «Li e aceito a política de privacidade». Depois disso é só salvar e pronto.

Conheça mais um pouco da ferramenta da formulários do Elementor.

Conclusão

Mais transparência e segurança são os principais benefícios dessa lei para as empresas e consumidores. Sendo assim, é importante entender como adequar seus processos o mais rápido possível.

Se você precisa adequar o seu site as novas exigências em relação a LGPD entre em contato com a gente que podemos te ajudar.

Compartilhe esse artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
criacao-de-sites-ohdara-digital

Vamos começar um projeto juntos?

Preencha o formulário abaixo e receba sua proposta por e-mail.