O que é SEO?

Quando falamos das possibilidades do marketing digital na promoção de negócios online, entre tantas possibilidades, pensamos em SEO. Através do SEO é possível ter um bom posicionamento nos mecanismos de busca como o Google de forma orgânica. Isso é, sem investir em propaganda como o Google Ads, por exemplo.

Estar nas primeiras posições em um resultado de pesquisa (SERP) significa que você terá mais chance de receber visitas em seu site, e ainda mais chance de vender e fechar negócios.

Isso é fácil de observar, se pensarmos no nosso próprio comportamento quando estamos pesquisando por alguma coisa na internet. Dificilmente, vamos para a segunda página do resultado de pesquisas do Google. E muitas pesquisas já comprovaram que os sites das primeiras colocações são os que têm maiores chances de receberem cliques e consequentemente maior chance de conversão.

Portanto, pensar em SEO como uma estratégia seja de venda ou de reconhecimento de marca faz todo sentido para todo negócio online. Através das estratégias de SEO seu site, blog ou loja virtual pode ser tornar mais conhecido, ganhar autoridade no mercado, receber mais visitas e cliques e assim aumentar as chances de conversão.

Então, nesse artigo você vai entender como você pode, apenas através de otimização do conteúdo do seu site e do relacionamento com outros sites, melhorar a experiência de busca e navegação dos usuários e assim alavancar o seu negócio online sem ter que investir em mídia.

Aviso importante: O que não esperar de SEO!

Preferi no início desse artigo te falar o que não esperar de SEO para que você entenda a realidade.

A internet está cheia de chamadas de resultados milagrosos e rápidos relacionadas a marketing digital, mas saiba que SEO não é um mar de rosas. Então vou colocar em tópicos para que fique ainda mais fácil de entender:

  • SEO não apresenta resultados de um dia para o outro.
  • SEO não tem uma fórmula mágica e única para todos os negócios, é preciso testar frequentemente o que funciona para o seu.
  • SEO não é uma prática para se fazer uma vez.
  • SEO não é uma instalação.

De forma simples e direta: O que é SEO?

SEO é a prática que visa otimizar sites, blogs e páginas de web para obter um melhor posicionamento nos resultados orgânicos dos buscadores.

Como dito na introdução desse artigo, SEO é a abreviação para Search Engine Optimization, que ao pé da letra significa otimização para os mecanismos de busca.

A cada segundo, milhões de pesquisas são feitas nos buscadores — especialmente no Google, que é o mecanismo de pesquisa mais usado do mundo e o buscador que vou usar como exemplo durante esse artigo.

As pessoas pesquisam por todo tipo de assunto e de diferentes formas, e o Google busca nas páginas indexadas a resposta para o que o usuário busca.

Entendendo como funciona a busca do Google

Para cada pesquisa que é feita no Google, existem milhares, às vezes milhões, de páginas da Web com informações úteis. A forma como o Google determina quais resultados serão mostrados começa muito antes de você pesquisar.

O Google organiza informações sobre páginas da web no índice de pesquisa, que funciona como uma biblioteca. Mas pense em uma biblioteca infinita onde tem todas as informações do mundo. (Ok! Pareceu exagerado, mas é mais ou menos isso mesmo.)

Em uma fração de segundo, os algoritmos da Google organizam centenas de bilhões de páginas da web no índice da pesquisa para fornecer os resultados mais úteis e relevantes sobre o que você está procurando. Ou seja, é preciso ser um conteúdo otimizado para os rôbos da Google entender que o que está no site responde a pergunta do usuário.

O formato como o Google apresenta o resultado de pesquisa pode variar, podendo ser em mapa como no Google Meu Negócio, vídeos, imagens, notícias ou shopping.

É importante entender que os resultados de SEO, são resultados orgânicos, e eles aparecem logo depois dos resultados de anúncios. Então, dependendo do seu tipo de negócio, pode ter bastante anúncio antes de um resultado orgânico.

serp-seo
Resultado de pesquisa para padaria

Começando uma estratégia SEO

A base de uma boa estratégia de SEO é o conteúdo, porque é através dele que mostramos ao Google que temos resposta para o que o usuário está procurando. Tá bem, isso você já leu no início desse artigo. Bom, vamos ao como fazer!

Como toda estratégia de marketing, é preciso começar pelo planejamento respondendo as primeiras perguntas: quais resultados você quer atingir com SEO, quem deseja alcançar, como você pretende chegar lá?

Essas primeiras perguntas é que vão ajudar a construir o caminho para o sucesso da sua estratégia.

E aqui, eu vou repetir, que essas estratégias visam obter resultados de médio a longo prazo. Então, é preciso planejar ações consistentes e frequentes para obter um retorno mais sustentável ao longo do tempo.

Definir objetivos

O ponto inicial para construção da estratégia é a definição de objetivos para a otimização do seu site, blog ou loja virtual. Através do SEO, é possível obter alguns resultados, como por exemplo:

  • Aumento de tráfego orgânico;
  • Gerar mais leads;
  • Aumentar vendas;
  • Reduzir custo de aquisição de clientes;
  • Educar o mercado;
  • Criar ou aumentar autoridade da marca.

Procure sempre manter os objetivos de SEO alinhados com o objetivo da sua marca. Se você é uma nutricionista, por exemplo, e tem como objetivo de marca ser referência em alimentação saudável, SEO pode ajudar para que o conteúdo que você tem apareça nas primeiras posições quando as pessoas procurarem por termos de alimentação saudável relacionadas ao seu site.

Definindo os objetivos, você consegue estipular métricas e KPIs para avaliar o desempenho da sua estratégia. Algumas dessas métricas são: a autoridade do domínio e a autoridade da página. Que você consegue saber pela Ubersuggest, por exemplo.

Definindo a persona/ público – alvo

Um outro passo bem importante que envolve a estratégia de SEO, é a definição da persona da sua marca.

Nessa etapa você vai definir para quem é destinada essa estratégia. Dessa forma, você consegue definir com quem você quer falar e como falar com esse público.

A persona é a descrição de um cliente ideal para a sua marca. Existe muita discussão em torno dessa forma de definir quem são clientes, mas isso é papo para outro artigo. No entanto, a ideia aqui é pensar nas dúvidas, dores e necessidades reais, que você pode ajudar a resolver.

O ideal é que ela seja construída com base em dados reais de clientes, por meio de pesquisas, questionários e entrevistas. Porém, nessa altura, você pode não ter como fazer isso. Então, no início é fazer a partir dos clientes que você já tem. E a melhor forma é perguntando a eles quais as dúvidas e dores que eles têm.

Essa construção da persona deve considerar o caminho que o seu cliente faz até concluir uma compra, onde em cada momento é possível gerar diferentes demandas para as pessoas. Elas ficam evidentes nos tipos de palavras-chave que são utilizadas nas pesquisas: os usuários tendem a ser mais abrangentes no início do caminho e se tornam mais específicos até o final. 

Continue lendo esse artigo, que mais adiante você vai entender melhor sobre as palavras-chave.

Ferramentas báscias de SEO

Para elaborar uma estratégia de SEO, é preciso algumas ferramentas básicas para obter alguns dados do seu site junto a Google. A partir desses dados você consegue entender o cenário atual e assim planejar melhor os passos seguintes.

Duas ferramentas básicas iniciais e indispensáveis nesse momento são: O Google Analytics e o Google Search Console. Elas são fornecidas gratuitamente pela Google e você sempre vai utilizá-las para acompanhar as suas estratégias. Vamos conhecê-las um pouco melhor:

Google Analytics

Google Analytics é uma ferramenta de análise de dados gratuita disponibilizada pela Google que oferece uma infinidade de recursos para avaliar o desempenho de estratégias digitais. No SEO, ela pode ajudar de diferentes formas:

  • Conhecer melhor seu público para construir a persona;
  • Identificar quais são as páginas mais visitadas e com melhor desempenho;
  • Monitorar os números de tráfego orgânico;
  • Identificar os canais que mais geram tráfego (e-mail, social, orgânico etc.);
  • Entender o engajamento (taxa de rejeição, páginas por visita, duração da sessão);
  • Monitorar as conversões geradas pela estratégia de SEO.

Esses são só alguns dados que você vai encontrar na plataforma que pode te ajudar tanto nessa etapa inicial quanto no monitoramento da sua estratégia de SEO.

google-analytics-seo

Se você não conhece ainda e quer ver como é a ferramenta funcionando, sem precisar fazer uma conta, acesse a conta de demonstração e explore a vontade.

Google Search Console

Google Search Console é uma ferramenta que facilita a comunicação entre o seu site e a Google e oferece relatórios muito importantes para SEO, como:

  • Informações sobre indexação no site;
  • Saber se o site foi hackeado ou penalizado pelo Google;
  • Monitorar a posição média das suas páginas no resultado das pesquisas (SERPs);
  • Identificar a taxa de cliques das suas páginas na SERP;
  • Identificar quais palavras-chave ativaram o seu site na SERP;
  • Identificar quais sites direcionam para o seu; 
  • Solicitar ao Google a rejeição de direcionamentos duvidosos para o seu site.

Essa é uma plataforma um pouco mais técnica, por isso é voltado para webmasters. 

No entanto, a interface é bastante amigável, o que torna o uso mais fácil para fazer diagnósticos e direcionar demandas mais complexas para profissionais especializados.

A ferramenta ajuda também na geração de vários insights para otimizações em conteúdos, além de ser a principal fonte para identificar as consultas que levam tráfego para suas páginas e a taxa de cliques das suas principais palavras-chave.

Ohdára Digital Criação de Sites | Lisboa Web Design | RJ Web Design

A Google Search Console não tem uma conta de demonstração, mas você pode ler tudo sobre essa plataforma na página oficial.

Entenda a importância das palavras-chave na prática de SEO

As palavras é que determinam como você irá aparecer nos resultados de pesquisa. Então, é muito importante realizar a pesquisa de palavras – chave para identificar os termos de busca que têm maior potencial para sua estratégia. Você deve avaliar o volume de buscas, conversões e competitividade.

A partir da pesquisa de palavras – chave você consegue otimizar o seu conteúdo e entender como as pessoas procuram pelo o que a sua empresa tem para oferecer.

O que é palavra – chave?

Quando você faz uma pesquisa no Google, você digita uma palavra ou uma frase no motor de busca. A partir dessa palavra o Google mostra um índice com resultados de sites que estão indexados que usam esse termo. Porém, além disso, esse termo está sendo utilizado dentro de um contexto coerente, e por isso o Google entende que aqueles sites têm a resposta para o que você procura.

Por isso, a palavra – chave é muito importante para otimizar o seu conteúdo, e assim aparecer nos resultados de pesquisa.

É importante saber que o Google já tem inteligência para entender as intenções das buscas, a linguagem humana e as variações de termos que podem ocorrer.

Isso quer dizer que, se você quer otimizar um site para a palavra “moletom preto”, por exemplo, não precisa usar exatamente essa palavra-chave no seu texto e nem repeti-la o tempo todo em seu texto.

Você pode usar sinônimos, como “casaco preto” ou “agasalho preto”, que tornam a leitura mais agradável.

E, mesmo que o usuário digite o termo com erros ou variações, como “moleton preto” ou “casaco escuro”, o Google vai compreender a intenção de busca do usuário e apresentar a sua página a ele.

Logo, a correspondência exata da palavra-chave não precisa mais ser uma preocupação.

Possibilidades de busca

Quando o usuário faz uma busca ele pode estar em diferentes etapas da jornada de compra. Portanto, para criar sua estratégia de SEO é preciso entender em qual momento da jornada você quer que o seu conteúdo apareça para o usuário.

O principais tipos de busca são:

pesquisa-navegacional-seo

Navegacional

O usuário já sabe onde ele quer navegar e dificilmente um conteúdo diferente chamará a atenção dele. (Ex.: Quando digitamos o nome da marca no buscador)

pesquisa-transacional-seo

Transacional

Acontece quando o usuário quer comprar alguma coisa, e ele busca por termos do tipo “quanto custa uma cama no Ikea“. Aqui pode aparecer resultados de pesquisa no Google Shopping também.

pesquisa-informacional-seo

Informacional

Nesse tipo de pesquisa o usuário ainda não sabe muito bem o que quer e busca por informações mais genéricas, e isso mostra que ele está no início da jornada de compra. (Ex.: unhas de gel )

pesquisa-local-seo

Local

Aqui o usuário procura algo com uma localização geográfica determinada. Acontece muito quando ele busca por restaurantes, salão de beleza ou profissionais de uma determinada área dentro de uma região pré determinada. Por exemplo, “padaria em Lisboa“.

É possível ainda ter outros tipos de pesquisas, como: notícias, institucionais, músicas, buscas acadêmicas, informações pontuais como clima, conversão de moeda, data, imagens e vídeos;

A Google tem aperfeiçoado constantemente a experiência do usuário para que ele encontre o que procura sempre de maneira ágil e precisa.

Tipos de palavra – chave

Juntamente com o entendimento de tipos de busca, é importante ter o entendimento dos tipos de palavras. E nesse sentido podemos identificar dois tipos de palavra – chave: head tail e long tail.

Essas duas palavras em inglês fazem referência a uma cauda de dinossauro (como na imagem abaixo) e representa as etapas da jornada do usuário. Quer dizer, que quanto mais na ponta da calda a palavra chave estiver mais específica é a busca do usuário e mais próximo da decisão de compra ele está.

É importante trabalhar com esse conceito em mente durante a elaboração da estratégia SEO, porque assim você pode pensar no seu conteúdo para alcançar esses potencias clientes nos diferentes momentos da jornada.

long-tail

Palavra cauda curta

As palavras-chave cauda curta são amplas e genéricas e normalmente são utilizadas no início da jornada de compra. Aqui, o consumidor ainda não sabe o que precisa, por isso inicia com uma busca mais ampla e depois vai tornando a pesquisa mais específica.

Geralmente, os termos de cauda curta apresentam um volume de buscas alto, e por isso geram bastante tráfego, porém atrai um público com poucas chances de conversão. 

As palavras-chave de cauda curta também costumam ter uma concorrência grande pelas primeiras posições, tornando o rakeamento mais difícil.

Esse é o caso, por exemplo, de buscas como estas:

  • Personal trainer;
  • Personal;
  • Personal trainer academia.

Palavras cauda longa

As palavras-chave cauda longa, são mais específicas e costumam ser usadas no final da jornada. 

Nessa fase, o consumidor já fez uma pesquisa aprofundada para resolver a sua necessidade, mas ele precisa ainda buscar informações para tomar uma decisão de compra.

As palavras – chave de cauda longa normalmente não geram tanto tráfego como as de calda curta, porque no geral elas tem menor volume de busca. No entanto, elas atraem possíveis consumidores, ou seja, que estão mais próximo de gerar uma conversão. E além disso, o rankeamento pode ser mais fácil já que a competitividade é menor por elas.

Se o usuário estava interessado em personal trainer, por exemplo, nesse momento ele pode buscar por termos mais específicos relacionados ao tema. 

A especificidade dos termos vai depender da necessidade que a pessoa precisa resolver, por exemplo:

  • Personal trainer online preço;
  • Como contratar personal trainer online;
  • Quanto ganha um personal trainer.

Ferramentas para pesquisa de palavras – chave

Depois de entendermos os tipos de palavras – chave e a importância delas, é preciso partir para pesquisa e seleção de palavras que você quer rankear e entender se elas são as melhores para o seu negócio e o volume de pesquisa delas.

Para isso, existem algumas ferramentas gratuitas e pagas que ajudam muito nesse processo.

As ferramentas gratuitas que recomendo são:

As ferramentas pagas apresentam informações mais completas e funcionalidades incríveis na pesquisa de palavra- chave. As que recomendo são:

Você pode usar alguns recursos gratuitamente, mas para aproveitar a versão completa, é preciso adquirir um dos planos pagos.

SEO on page e SEO off page

SEO on page é toda a otimização que o administrador do site pode fazer nas próprias páginas para melhorar a experiência do visitante e facilitar a leitura do site pelos robôs do Google. Alguns desses fatores são:

Qualidade do conteúdo – é preciso atender a expectativa apresentada na chamada. Por exemplo, o título deste post é “O que é SEO?“. Logo, eu preciso responder essa pergunta durante o post.

Uso coerente da palavra – chave e semântica – usar a palavra escolhida de forma que faça sentido e não somente repeti-la de forma aleatória. Isso não cola com o Google faz tempo!

Title tag – que nada mais é do que o título da sua página inserida no HTML do seu site. E assim, em um resultado de pesquisa o título aparecerá. Nele deve conter a palavra-chave escolhida.

title-tag

Meta description – Esse é o texto que vem abaixo da title tag e é descrição do conteúdo da página que aparece nos resultados da busca. É uma forma de o usuário saber que ali tem o que ele procura. Então, capriche aqui, porque isso vai ajudar a atrair o visitante.

head-tag

URL descritivas – Quando for determinar o nome que pretende usar em uma URL, busque usar nomes que tem a palavra – chave escolhida e que seja de fácil entendimento para o usuário. Por exemplo, www.meusite.com/loja/promocao/presentes-para-o-dias-dos-namorados

Imagens otimizadas – Esse é um ponto bem importante, porque o tamanho do arquivo da imagem interfere diretamente no tempo de carregamento da página. Então, lembre – se o visitante do seu site, em quase 100% das vezes, visitará o seu site a partir de um celular ou computador com um monitor de 23′, então você não precisa carregar imagens para o seu site com uma resolução para outdoor. Menos é mais!

Links internos – Ajude o seu visitante navegar mais no seu site ligando um assunto a outro internamento através de links internos que ligam uma página a outra dentro do seu próprio site.

Já o SEO off page, o controle de otimização é baixo porque depende de relacionamento com outros sites.

No off page é preciso ter um bom relacionamento com outros sites, e mais uma vez, fazer um conteúdo de qualidade. Isso porque, a principal ação do off page é o backlink, isso quer dizer que outros sites referenciam o seu site.

Uma forma de fazer isso é através do Guest Post, que você pode escrever em um site parceiro e, mediante acordo, utilizar um ou dois links para o seu site. Isso ajudar direcionar tráfego para o seu site.

A parte técnica do SEO

Aqui é onde entra a necessidade de um profissional para ajustar a programação do seu site junto o Google.

A parte técnica consiste em sinalizar a existência do seu site para os robôs da Google, através do código do seu site. Aqui também, é quando mostramos o que queremos que os robôs indexem para que apareça nos resultados de pesquisa. E para isso usamos dos arquivos Sitemap e Robots.txt

Outro item que pode ser um pouco mais complexo de resolver e que conta muito para o SEO do seu site, é o tempo de carregamento das páginas do seu site.

A própria Google já falou abertamente que a velocidade de carregamento de um site é um fator de rankeamento. Não por acaso ela disponibiliza uma ferramenta para você testar como está o tempo de carregamento do seu site e o que pode melhorar: o Page Speed Insight

Alguns plugins para WordPress fazem esse trabalho de forma muito simplificada e fácil. O que eu recomendo é o Yoast.

o-que-e-seo

Conclusão

Como foi possível perceber, SEO é um assunto extremamente longo, mas não precisa ser complexo.

É através das práticas de SEO que você pode atingir as melhores posições nos resultados de pesquisa. Por isso, é importante olhar com cuidado e atenção para o seu conteúdo e se preocupar em atender as necessidades dos usuários para assim ter um negócio sustentável.

O universo de SEO é meu assunto preferido, então me conta o que você achou desse artigo e vamos conversar mais sobre isso.

Compartilhe esse artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
criacao-de-sites-ohdara-digital

Vamos começar um projeto juntos?

Preencha o formulário abaixo e receba sua proposta por e-mail.